Bem vindos ao meu cantinho!

Oi pessoal! Este cantinho é para partilhar com vocês algumas ideias,
atividades, textos, etc; que possam de fato nos ajudar nesta caminhada na
educação, espero que vocês gostem e não esqueçam de deixar um comentário.




quinta-feira, 27 de maio de 2010

Problemas de Aprendizagem

Alunos com problema de aprendizagem (P.A)



[...] não conseguem acompanhar o ritmo da turma e apresentam dificuldades na leitura e na escrita, na memorização, na cópia, em conceitos básicos de matemática, entre outros. Manifestam por várias vezes atitudes agrassivas, falta de iniciativa e de interesse pelas atividades propostas pelo professor. A maioria dos alunos é repetente por vários anos e não demostram um desenvolvimento satisfatório. ( Miranda, 2000, p.19)



A atribuição desse tipo de classificação aos alunos, quando comum entre os professores, ao mesmo tempo em que, ao ressaltar as dificuldades bloqueia as capacidades: desconsidera o potencial e a plasticidade do processo ensino aprendizagem.



Estudos ( Patto, 1984, 1990 Rosenthal e Jacobson, 1989) apontam que a forma que o professor interage com o aluno, assim como suas expectativas em relação ao seu desenvolvimento, interfere no resultado do processo ensino aprendizagem



O educador tende a ser um mediador mais efica quando acredita no aluno, criando situações propícias para a sua aprendizagem.



Para que aconteça a interveñção se precisa de um trabalho em equipe.

Para realizar sua intervenção:
Primeiro Procedimento: diagnóstico da realidade escolar, buscando detectar os problemas e suas causas. O processo diagnóstico é interdisciplinar.
Ele é inicial ( momento de conhecer a situação do aluno), processual ( momento de avaliar os resultados da intervenção).

O erro na perspectiva construtivista, é o indício de como o aluno está organizando seu pensamento, criando suas hipoteses e construindo conceitos.

A metodologia massaficadora - trabalha com todos os alunos da mesma forma; devemos evitar esse tipo de metodologia, uma vez que cada aluno é diferente e suas necessidades e ansios também.

Um comentário:

Valério disse...

Os professores antes de tudo precisam ter a sensibilidade de perceber que é preciso dar mais atenção e foco aos alunos com baixa aprendizagem.É muito comum em sala de aula,encontrarmos aquele tipo de educador que direciona toda sua atenção aos melhores alunos da turma se esquecendo de que são principalmente os alunos com problemas de aprendizagem quem mais precisam deles.Como se sentem rejeitados por aquele que mais deveria ajudá-los, os alunos com baixo rendimento se isolam achando-se inferiores aos demais colegas e isso agrava muito a situação.Parabéns Juliana por abrir mais esta janela em prol da educação, e quando o assunto é a melhoria do desempenho escolar, todo espaço é bem vindo