Bem vindos ao meu cantinho!

Oi pessoal! Este cantinho é para partilhar com vocês algumas ideias,
atividades, textos, etc; que possam de fato nos ajudar nesta caminhada na
educação, espero que vocês gostem e não esqueçam de deixar um comentário.




terça-feira, 19 de abril de 2011

Projeto Arte na Escola

ESCOLA MUNICIPAL JOÃO PESSOA






GARANHUNS, AGOSTO DE 2009


JUSTIFICATIVA





Os alunos têm muitas vozes e querem que elas sejam ouvidas. O contato com a arte e as manifestações culturais pode se limitar ao entretenimento e lazer ou ir além: servir como instrumento de expressão social e construção de identidade; promoção de inclusão social, resgate de tradições culturais e sensibilização para o aprendizado. Eles descobrem no envolvimento com as manifestações artísticas uma forma de ampliar horizontes e transformar realidades.
A arte é muito rica e ampla, capaz de permitir a liberação do imaginário e o sonho das pessoas. Assim é preciso que a arte esteja muito presente e seja bem trabalhada pela escola, para que o universo escolar possa romper o tédio e a indiferença com que muitas vezes se vê recoberto.
Através deste projeto a Sala de Leitura Ferreira Gullar tem o intuito de envolver alunos, professores e público em geral num cenário emotivo com declamações e recitais de poesias de autores consagrados, além de apresentações de diversas manifestações da cultura popular; bem como estimular e valorizar o aluno como um ser capaz de produzir arte, resgatando assim a importância da expressão artística no cenário cultural.









OBJETIVOS



ü Resgatar a importância da arte no cenário cultural;
ü Exaltar a obra e a vida de poetas brasileiros e escritores regionais;
ü Desenvolver o senso crítico;
ü Possibilitar a manifestação de sentimentos e opiniões do público alvo;
ü Valorizar a arte e os artistas locais;
ü Despertar a sensibilidade dos alunos através da poesia;
ü Resgatar a auto estima dos alunos focando a atuação no resgate da cultura brasileira;
ü Familiarizá-los com o prazer da leitura, da fala e da escrita;
ü Enfatizar a importância da rima e da sonoridade;
ü Aproximar os alunos da prática de leitura e de escrita através das poesias;
ü Promover uma aproximação dos alunos com expressões artísticas diversas;
ü Viabilizar um intercâmbio entre as escolas do núcleo Magano;
ü Desenvolver o gosto ela apreciação da cultura popular;
ü Oferecer e construir junto com os alunos um ambiente de respeito pela aceitação e pela valorização das diferentes culturas;
ü Esclarecer o papel do professor frente às diversidades culturais promovendo ações que valorizem as diferenças entre raças e culturas;
ü Reconhecer a escola como espaço de socialização cultural, que proporciona ao aluno a interação entre as diversas culturas;
ü Transformar os alunos em leitores aptos a interpretar e compreender o que o poeta quer dizer em meio aos versos;








METODOLOGIA



ü Sondagem de conhecimentos;
ü Leitura compartilhada, dirigida, coletiva, individual;
ü Jograis;
ü Dramatizações;
ü Pesquisas, socialização e criação de poesias coletivas;
ü Montagem e criação de cartazes;
ü Rodas de conversa e de leitura;
ü Interpretação de poemas através da oralidade, desenhos, etc;
ü Criação e recriação de poemas;
ü Criação de mural de poesias que serão selecionadas pelos alunos;
ü Criação do varal da poesia;
ü Aula expositiva e dialogada sobre as manifestações da cultura popular;
ü Pesquisa de diversos tipos de manifestações culturais;
ü Ensaio de danças populares;
ü Chá com poesia;
ü Sarau;
ü Gincana com poesia;
ü Poesia enigmática;
ü Caça- rimas;
ü Montagem de poesias fatiadas;
ü Momento Festivo para promover o resgate das raízes culturais nordestinas;
ü Apresentação de poesias com declamações e recitais, assim como apresentação das danças da cultura popular em um festival de arte;
ü Palestras de incentivo a leitura e escrita com escritores da Academia Garanhuense de Letras;



INDICADOR DE ÊXITO



O projeto será avaliado mediante a participação e envolvimento do público alvo, bem como o desenvolvimento das competências propostas no projeto.





















AÇÕES A SEREM DESENVOLVIDAS DURANTE O PROJETO

Fazer o levantamento do conhecimento prévio dos alunos a respeito de poesias e cultura popular;
De acordo com o levantamento feito anteriormente, selecionar algumas poesias a serem trabalhadas promovendo diversos tipos de leitura ( compartilhada, dirigida, coletiva, individual, jograis);
Caracterizar o gênero poesia e promover uma tempestade de palavras, selecionando as que rimam para criar uma poesia;
Pedir que os alunos pesquisem em casa com parentes e amigos pequenas poesias, trovas e promover um momento de socialização dos textos e a exposição dos mesmos no mural de poesia;
Pedir que os alunos pesquisem sobre a cultura popular e socializar em sala, montando cartazes informativos e painéis temáticos;
Promover rodas de leitura e conversas sobre o contexto de cada poesia, bem como sobre seus autores;
Interpretar poesias através de: dramatizações, desenhos, atividades escritas e orais;
Colocar um varal de poesia em local acessível para todos os alunos, onde eles poderão ler livremente;
Montar um grupo cultural e ensaiar ritmos culturais pernambucanos para apresentação;
Viabilizar a realização de uma gincana poética que terá como premiação livros com poesias para crianças;
Promover um chá com poesia onde os pais irão assistir a um recital de poesia feito pelos alunos, onde será servido chá com biscoito;
Promover um Sarau com alunos da Educação de Jovens e Adultos que contará com a presença de escritor local;
Promover um momento festivo para alunos e comunidade com a banda Chamego de Forró que irá resgatar as raízes culturais nordestinas;
Realizar um festival que irá culminar o projeto Arte na Escola onde teremos a participação dos alunos da Escola João Pessoa e escolas convidadas, escritores e artistas locais com apresentações culturais e blocos de recitais e declamações de poesias;
RECURSOS


ü Data show para exposição das poesias e hino de Garanhuns;
ü Tela de projeção;
ü Televisão, som, caixa amplificadora, microfone, DVD, televisão, computador;
ü 2 resmas de papel sulfite;
ü 100 fls. de papel cartão;
ü 300 fls. de chamequinho colorido;
ü Lápis, borrachas, apontadores, tesouras, cola, giz de cera, lápis piloto, tinta guache, durex coloridos, durex largo, fita dupla face;
ü 10 cartolinas, 20 fls. de papel 40, 10 fls. de papel madeira, celofane, papel camurça, E.V.A;
ü 200 xérox;
ü Folder’s com programação;
ü 80 m de chita;
ü 30 m de TNT;
ü Livros de poesias para crianças;
ü Livros para pesquisas diversas;
ü Revistas;
ü Lanche para os alunos (pipoca, iogurte, bala).
ü Transporte para locomoção dos alunos das escolas distantes;
ü Banner com fotos das atividades que serão realizadas ao longo do projeto;

Um comentário:

Mariana disse...

Na escola sempre tem que haver um espaço onde os alguns possam se expressar através do arte.
Uma vez minha filha me pediu caixas de valtrex para fazer um trabalho especial com caixinhas.